ESG Decor: Empresa brasileira faz parceria com multinacional para comercializar decks de baixo impacto ao meio ambiente

Foto/Imagem: Foto: Group Publishing

Empresa com atitudes sustentáveis

Para selar a união, foram analisadas características como solidez da marca, comprometimento com sustentabilidade e localização

Um dos pilares que sustentam a prática ESG é a sustentabilidade. De olho nesta tríade, a Neobambu, fundada em 2006, foi a precursora da missão de inserir no mercado nacional, pisos e revestimentos provenientes de fonte renovável. E hoje a empresa está voltada para comercialização de produtos naturais sustentáveis de alta tecnologia e tem em seu portfólio, as marcas próprias e internacionais, sendo a representante exclusiva das empresas Parky, Lunawoo e Timbertech, esta última uma multinacional norte-americana que acaba de entrar para o catálogo da brasileira. 

A história começou em 2019, quando a Neobambu identificou na Timbertech –  fabricante líder do setor de produtos para áreas externas, de baixa manutenção e ambientalmente sustentáveis – a mesma preocupação que tinha com a questão da sustentabilidade e alta durabilidade em produtos. Os decks, produzidos pela empresa norte-americana substituem principalmente a madeira do lado de fora das casas, proporcionando uma solução duradoura, ecológica e elegante aos consumidores. Também é um produto renovável, sustentável e com baixos índices de componentes orgânicos voláteis e em determinadas coleções, podem ser produzidos com material 100% reciclado.

E para selar a parceria, a empresa brasileira passou pelo crivo rigoroso da norte-americana, que levou em consideração três pontos importantes: a solidez da marca, que atua há quase 20 anos no mercado de decor, a consistência e quantidade de revendas – hoje, a conta com representação em 13 estados diferente e em 25 praças localizadas no Rio de Janeiro, Brasília, Ribeirão Preto, Belo Horizonte, São José do Rio Preto, Salvador, Curitiba, Espírito Santo, Goiânia, Balneário Camboriú, Florianópolis, Porto Alegre e Franca – e também, a localização em grandes polos, como a Alameda Gabriel Monteiro da Silva, coração da decoração na cidade e o Shopping D&D.

A fábrica da Timbertech, localizada na cidade de Lexington, no estado americano do Kentucky, passou por certificação e hoje é 100% sustentável, administrada com energia fotovoltaica, além de reciclar toda a água consumida no espaço. “Eles possuem uma capacidade única de promover positivamente uma economia circular e sustentável, além de reduzir continuamente nossa pegada de carbono por meio da grande escala de nosso consumo de reciclagem”, complementa a diretora comercial da Neobambu, Francine Ferrari. Em 2021, por exemplo, a empresa estrangeira retirou, aproximadamente, 22 mil toneladas de resíduos e sucata de aterros, para produzir insumos de material reciclado.

Aproximadamente 80% dos decks compósitos (produzidos com pó de Carvalho americano e polímero) e 50% do deck de polímero com são feitos de materiais reciclados e a maioria dos produtos são recicláveis ​​no final de sua vida útil. Vale ressaltar que a empresa produz um material de alta durabilidade com, no mínimo, 25 anos de garantia.

Ainda em 2021, a multinacional anunciou a meta ambiciosa de 44 milhões de toneladas de material reciclado anualmente até o final de 2026, demonstrando ainda mais o compromisso em acelerar o uso desses materiais, reformular e inovar continuamente para trazer novos produtos ao mercado com maior conteúdo reciclado.

A crise dos resíduos plásticos é um dos maiores desafios que o planeta enfrenta,e para a Neobambu, que tem em seu DNA trabalhar  com o maior potencial em material natural que una tecnologia, design, garantia e baixo impacto ao meio ambiente, ter como parceira norte-americana – maior recicladora verticalmente integrada de plástico PVC nos Estados Unidos – é uma conquista que reflete nessa e nas próximas gerações. “O plástico reciclado não apenas representa uma economia de custos de até 50% em comparação com o plástico virgem, mas sua pegada de carbono também é 75% a 80% menor”, finaliza Francine Ferrari.

*Utilizamos imagens de livre exposição e bancos contratados, mas caso alguma imagem ou texto tenha direitos autorais, entre em contato conosco que removeremos imediatamente. Para as publicações patrocinadas: Imagens de produtos, informações sobre serviços e citações são inteiramente de responsabilidade da empresa que patrocina a publicação.

Publicidade

Este site utiliza cookies e tecnologias para personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao navegar em nosso site você aceita nossa  Política de Privacidade.