ESG: Engenheiros Florestais são imprescindíveis para prática

Foto/Imagem: Foto: Group Publishing

Engenheiro florestal fazendo seu trabalho

Profissionais têm foco na preservação do meio ambiente e sustentabilidade

A preservação das florestas é uma causa urgente. O meio ambiente pede socorro. E uma das profissões mais importantes para ajudar nesta empreitada, não só pelo manejo sustentável das florestas, mas também pelo planejamento ambiental e recuperação de áreas degradadas, é a de engenheiro florestal. Trata-se do especialista que tem como foco estudar, gerenciar e conservar os recursos naturais que temos.

Com constantes desafios, essa área vem ganhando força e importância e as empresas vêm adotando a prática ESG – que abrange a governança ambiental, social e corporativa – como parâmetro de sustentabilidade. A função do engenheiro florestal é essencial na preservação dos recursos naturais, pois ele garante, por meio do manejo sustentável das florestas, a conservação da biodiversidade, a recuperação de áreas degradadas, além do planejamento e da gestão ambiental. Também promove o equilíbrio entre a exploração dos recursos naturais e a conservação dos ecossistemas.

Isso compreende, além da conservação da biodiversidade, a inclusão das comunidades locais e o cumprimento de normas e regulamentações. As métricas ESG são fundamentais para avaliar a sustentabilidade dessas práticas, considerando o equilíbrio entre o ser humano e a natureza, garantindo um futuro sustentável para as florestas e a sociedade como um todo.

Segundo o coordenador do curso de pós-graduação em engenharia florestal da Unyleya, Caio Augusto Magalhães, os especialistas da área têm diversas oportunidades de carreira, como trabalhar em órgãos governamentais, institutos de pesquisa, ONGs, indústria de papel e celulose, consultorias, entre outros setores relacionados ao manejo e à conservação de recursos florestais.

  O curso – que é 100% EAD e tem carga horária de 360 horas – proporciona uma formação direcionada e aprofundada, permitindo que os profissionais se destaquem no mercado de trabalho. Além disso, possibilita conhecimentos avançados em disciplinas específicas como silvicultura, gestão ambiental e legislação, preparando o aluno para enfrentar os complexos desafios da área. Os estudantes desenvolvem competências técnicas em análise de ecossistemas florestais, planejamento e execução de projetos de manejo sustentável, conhecimentos em geotecnologias, gestão de projetos florestais e domínio da legislação e licenciamento ambiental.

*Utilizamos imagens de livre exposição e bancos contratados, mas caso alguma imagem ou texto tenha direitos autorais, entre em contato conosco que removeremos imediatamente. Para as publicações patrocinadas: Imagens de produtos, informações sobre serviços e citações são inteiramente de responsabilidade da empresa que patrocina a publicação.

Publicidade

Este site utiliza cookies e tecnologias para personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao navegar em nosso site você aceita nossa  Política de Privacidade.