ESG: Pesquisa aponta que questão social é o pilar mais considerado no agronegócio

Foto/Imagem: Foto: Group Publishing

ESG é o pilar do agronegócio

Relação com o colaborador, saúde, segurança e desenvolvimento foram tópicos bem avaliados por estudo

O agronegócio já colocou em sua operação o conceito ESG (Ambiental, Social e Governança). É o que aponta pesquisa com empresas do setor realizada pela HR Tech Mereo, plataforma integrada de gestão de pessoas, que mostra que 100% delas têm métricas da agenda ESG. E o pilar de destaque é o social (100%), seguido por governança (83%) e ambiental (50%).

“Companhias que adotarem estratégias e modelos de negócios alinhados às melhores práticas de ESG se diferenciam no mercado e criaram bases mais seguras de crescimento”, afirmou o cofundador da Mereo, Ivan Cruz, cofundador da Mereo. 

Quando se fala em social, portanto, notou-se que o trabalho é gerenciado com foco na relação com o colaborador (73%). Entre os tópicos analisados estão saúde e segurança (28%), treinamento e desenvolvimento (19%) e clima organizacional (19%).

Já na governança, as empresas primam pelas boas práticas de gestão (61%), saúde fiscal (26%) e saúde financeira (13%). Isso corresponde, na agricultura, ao uso ético da terra, práticas trabalhistas que beneficiem os funcionários e o fornecimento com responsabilidade. Há o entendimento de que as empresas que investem no setor aumentam a confiança dos investidores, atraem mais capital e constroem relacionamentos sólidos com stakeholder. “Por isso, é fundamental o foco em temas relevantes e estratégicos. Ainda, que sejam capazes de responder à crescente demanda dos stakeholders por informações claras e seguras”, completa Cruz.

Na ótica da preservação do meio ambiente, a ideia é focar em uma agricultura sustentável, com consumo consciente de energia (50%), regulação ambiental (25%) e gestão de resíduos e reciclagem (25%). 

GABARITARAM

Das empresas que ‘gabaritam’ nos três pilares, 67% estão na faixa de  médio porte. Depois vêm as de grande porte (33%). E, a maior parte, com atuação regional (67%), contra a nacional (33%).

O Brasil lidera a produção e exportação de diversas commodities agropecuárias e é um dos principais players do agronegócio global. A previsão é de que até 2030, segundo pesquisa Projeções do Agronegócio, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, a produção do setor aumente em mais de 20%. Aqueles que adotarem,  portanto, as práticas de ESG, ganharão destaque no mercado e construirão uma base sólida.

*Utilizamos imagens de livre exposição e bancos contratados, mas caso alguma imagem ou texto tenha direitos autorais, entre em contato conosco que removeremos imediatamente. Para as publicações patrocinadas: Imagens de produtos, informações sobre serviços e citações são inteiramente de responsabilidade da empresa que patrocina a publicação.

Publicidade

Este site utiliza cookies e tecnologias para personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao navegar em nosso site você aceita nossa  Política de Privacidade.